sábado, 8 de novembro de 2008

Mrs. Dalloway

"Não, agora nunca mais diria, de ninguém neste mundo, que eram isto ou aquilo. Sentia-se muito jovem, e, ao mesmo tempo, indizivelmente velha. Passava como uma navalha através de tudo; e ao mesmo tempo, ficava de fora, olhando. Tinha a perpétua sensação, enquanto olhava os carros, de estar fora, longe e sozinha no meio do mar; sempre sentira que era muito, muito perigoso viver, por um só dia que fosse."

Virgínia Wolf

4 comentários:

Anônimo disse...

O dia são retalhos que a gente vai costurando para compreender o todo. Cada dia, um retalho necessário - seja colorido ou preto. Ambos necessários.

Bela citação, amigo!

Cool.

Rodrigo Rudi.

Gin e Rum disse...

~;Obrigada pelo seguimento, Thor!
Teu blog já está anexado também.

Um drink,
Gin.

renata disse...

bom, tu sabe o quanto amo esse livro né? me apaixonei logo no início e por causa desse trecho!!

beijos!

Anônimo disse...

Usually I don’t learn post on blogs, but I would like to say that this write-up very forced me to take a look at and do it! Your writing style has been surprised me. Thank you, quite nice article.