terça-feira, 20 de março de 2007

Malaquias no Jardim*

*poema copiado as pressas, do ônibus.

A palavra de cabelo em pé
das tuas estrofes
entrelaçadas de flores
é o doce mais doce.
Um anjo de Trebizonda
lambe a asa no quintal da poesia.
Então despertamos de tudo
- inclusive do amor,
o beijo no espelho
A vida, quieta e apertadinha concha
A alma, colcha de retalhos
onde despertar estrelas
e conhecer o canto de Aldebarã.

Mario Pirata

3 comentários:

Guilherme disse...

Foi no campus ipiranga?

Thor disse...

Na verdade acho que foi Manoel Elias (curiosamente fora da minha rota, estava numa medição de trabalho...).

Niarchos disse...

Atualiza.

fotolog.com/niarchos