terça-feira, 10 de outubro de 2006

Em alguns momentos

me sinto capaz de criar algo realmente tocante e original.
Aí o momento muda. A tela - ou o papel - continua em branco...

4 comentários:

Windmaster A. Zack disse...

credo, dificil escrever.

nao soh pelo fator de falta de ideia, mas tá demorando pra carregar essa coisa de janela do blogger.com i.i'

bem, quando c ganhar o concurso c avisa XD

o do miniconto i.i''

bem

teag o/

=**

Anônimo disse...

Olá!

Pois então, essa sensação de criar algo tocante e original também me é conhecida.

A diferença é que quando o momento muda - e ele muda - o papel não continua em branco, e sim apresenta algo que se não é tocante e nem original, é, ao menos, a transcrição do que eu fui naquele dado momento. E isso serve para algo.

Abraços!

Tiago

Rodrigo Thor disse...

Quem sabe sirva pra preencher os vazios, ou ensaiar aquilo que talvez nunca aconteça. A mim dói esse comodismo com o que se sente mas não se transpõe para o mundo tal e qual.

::renata:: disse...

nunca acho que o que eu escrevo é tocante ou original... então a tela em branco não me assusta tanto assim... :)