quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Justificativa

Não apareço muito por aqui. A vida anda agitada.

Ainda.

Acho que nunca vai mudar, nunca vai ser calma, a menos que algo ruim aconteça. Este é o ritmo natural do mundo agora, sem muito tempo para aquilo que não parece necessário. Meus poucos posts se resumiram a cópias de poemas que aparecem nos ônibus de Porto Alegre. Traduz bem a minha rotina. Correria de um lado ao outro da cidade, algum tempo na web, e as tarefas necessárias à vida de cada dia. Ao menos ando dormindo o suficiente. Nem eu acredito.

Tenho mais uns 3 poemas na manga pra postar aqui, mas não os lembro completamente. Qualquer dia os reencontro nas janelas e memorizo. Foi assim com cada um dos que escrevi neste blog.

Vida longa a quem ainda lê essas breves linhas! E até logo.

3 comentários:

Bya Magoliver disse...

Eu tinha parado de voltar aqui, pq sempre via a tal carta de Tarot... rs
Eu gosto dos poemas que você posta. mesmo eles sendo do ônibus (?)

Abraço! o/

Thor disse...

São do ônibus pq aqui em porto alegre existe um concurso de poemas que tem os vencedores fixados em adesivos nas janelas dos ônibus. Mesmo sem participar do concurso, o legal é encontrar algum poema com o qual a gente se identifique durante o corre-corre do dia-a-dia

Windmaster A. Zack disse...

vlw pelo vida longa xD
seus ovos inda tao aki em casa i.i